domingo, 4 de setembro de 2011

SEMPRE HAVERÁ ESPERANÇA!


                               Em alguns momentos de nossas vidas, passamos por dificuldades tão intensa que minam nossa fé, nossa esperança, fazendo com que nos sintamos não merecedores da graça de Deus. Daí começa uma luta desesperada por ajuda, mas parece que todas as portas se fecham e as que nos restam dando passagem, não nos leva a lugar nenhum. O brilho do sol não lhe alcança e nem lhe aquece, Perdemos a capacidade de ver o que resta de bom a nossa volta. Nos tornamos pessoas tão egoístas, querendo que o mundo se volte apenas pra nós, como se fôssemos o centro do Universo e assim, vamos seguindo os dias sem viver, apenas enxergando o nosso problema. Nos fechamos para o mundo e cobramos dele ajuda, afastamos todos a nossa volta e reclamamos da solidão. O abismo em que nos encontramos, parece ter tirado de nós toda possibilidade de salvamento, solução, já não ousamos lutar, só nos resta amargar a nossa dor e nos entregar. Teria eu buscado a verdadeira ajuda? Teria eu me valido de quem realmente pode me ajudar?  Nesse momento eu lembrei de uma Lenda que diz:
                              .Certo homem caminhava desatenciosamente e ficou preso na areia movediça. Tentava desesperadamente sair, e nessa luta afundava cada vez mais. Passando um religioso olhou atentamente para o homem em apuros e disse filosofando " Isto é prova de que os homens devem evitar lugares como este". Em seguida passa ali um outro homem e ao deparar com a cena  falou: " Que esta seja uma lição para os demais"! Passando ainda um outro disse Coitado! É a vontade de Deus. E mais um homem passa e vê aquele pobre homem em desespero gritou: "Anima-se você voltará a vida em outro lugar" Finalmente passou ali JESUS. E ao ver que o pobre homem não tinha saída, inclinou-se, estendeu-lhe a mão e disse :"Dê me sua mão meu filho que eu te tirarei daqui". A lenda nos mostra o caráter de Jesus, mas nesse momento eu vejo também o poder imensurável do SENHOR, não existe abismo que o separe de seus filhos, não há distância entre ele e nós. Não há dor que ele não possa curar,  só precisamos depositar nossos  fardos aos seus pés,
crer e esperar, no seu tempo.Nenhum filho seu ficará desvalido e ficará sem ajuda. Que eu e você aprendamos a olhar ao nosso redor com esperança, que possamos avaliar as dores e sofrimento de todos nossos irmãos na face da terra, que como eu e você, diariamente existe alguém sofrendo, seja a perda de um filho para o mundo das drogas, ou mesmo para a morte, existe ainda os que estão num leito de dor, sem a menor chance de cura, os que vivem na incerteza da volta de um ente querido que saiu de casa e não mais voltou. Os que dormem ao relento por não ter um abrigo. Os que estão encarcerados inocentemente. Existe ainda os que vêem seus filhos morrerem de fome e sede como temos visto nossos irmãos Angolanos", que nos deram uma lição de solidariedade, quando partilham um simples copo de leite entre vinte pessoas, respeitando o limite, da pequena porção que lhes fora permitido, um pequeno gole"  E eu me pergunto, como podemos medir a intensidade da dor? Imagino que só podemos medir, aquela que vivenciamos, sentimos na pele. Assim sendo, fica difícil avaliar a dor alheia. compreendendo que enquanto vivermos nesse mundo, somos passíveis de sofrimento, afinal de contas, se a chuva e o sol beneficia a todos, as dores as tormentas também poderão nos alcançar. Mas devemos sempre lembrar que temos alguém especial sempre disposto a nos estender a mão e nos resgatar seja qual for o seu deserto o seu abismo, SEMPRE HAVERÁ ESPERANÇA.


10 comentários:

  1. Olá querida...

    Já add seu e-mail... Assim que possível falaremos... Abraços e obrigada pelo carinho...

    ResponderExcluir
  2. A esperança é uma Luz que nos alimenta. O resultado dela chegará sempre!

    Um grande Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Eu adorei...preciso copiar para mim.
    obrigada amiga pelo carinho!
    bjssss

    ResponderExcluir
  4. Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Nayara e cheguei até vc através do Blog Azues. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir um blog do meu amigo Fabrício, que eu acho super interessante, a Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. A Narroterapia está se aprimorando, e com os comentários sinceros podemos nos nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs





    Narroterapia:

    Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.



    Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.

    http://narroterapia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Lindo o blog e o conteúdo, tu és minha seguidora e vim para retribuir a gentileza. Deus lhe abençoe!
    um abraço.

    ResponderExcluir
  6. Olá Gente linda e maravilhosa, obrigada pelos comentários, Nayara estou seguindo sim o Blog q voce indicou, volte mais vezes e aqui o endereço de mais dois cantinhos meus.
    http://artesetrapos.blogspot.com
    http://contoserimas.blogspot.com.
    bjokas a todos.

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    passando pra lhe deixar um abraço!
    sdssss
    bjsss

    ResponderExcluir
  8. AMEI o blog. Estou seguindo ♥

    saahandradee.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Geeente não tou conseguindo seguir ninguém, o que tá havendo? snif,snif,snif. Sabriiiiinnnnaaa quero te seguir e não consigo.

    ResponderExcluir
  10. A mim você já segue kkkkkk
    olá amiga estava com sdssss
    demoro mas chego, e na hora exata,
    estava mesmo ler uma postagem assim, deu-me nos dedos! boa semna!
    abraços minha linda!

    ResponderExcluir